ESCRAVOS DA CIENTOLOGIA

Psiquiatras elegem o psicopata mais convincente do cinema

Nem o canibal Hannibal Lecter nem o louco do Norman Bates. O psicopata mais convincente do cinema é um tipo bem mais discreto.

Pelo menos foi o que descobriu uma equipe de psiquiatras que analisou cerca de 400 filmes de Hollywood cujos personagens principais eram psicopatas. 

Para isso, eles levaram em conta as características mais clássicas da psicopatia: a violência combinada com a completa falta de empatia pelo sofrimento da vítima. São pessoas capazes de matar sem qualquer remorso, como estivessem tirando um pernilongo do caminho.

Também foi preciso levar em consideração que psicopatas não são necessariamente violentos. Eles podem ser apenas extremamente convincentes ou manipulativos.

Com essa ideia em mãos, o professor Samuel Leistedt resolveu descobrir qual personagem de cinema melhor encarnou o papel de um psicopata, em termos médicos. 

Ele e seus amigos assistiram a mais de 400 filmes ao longo de três anos, analisando produções de 1915 a 2010. 

Da lista de 126 personagens, 105 são homens.

Confira os três maiores:

JAVIER BARDEM

1. Anton Chigurh, de “Onde os homens não têm vez” (2007) – Neste filme, que foi um dos grandes ganhadores do Oscar de 2008, Javier Bardem interpreta o psicopata mais convincente do cinema, do tipo clássico, frio, que mata com a calma e a frieza típicas. 

 

O VAMPIRO DE DUSSELDORF
2. Hans Beckert, de "M – O vampiro de Dusseldorf" (1931) – Peter Lorre interpreta um homem atormentado que sequestra crianças para fazer rituais. 

 

Henry Lee Lucas
3. Henry Lee Lucas, de "Henry: retrato de um assassino" (1986) – O filme é baseado na história verdadeira de Henry Lee Lucas, autor de centenas de assassinatos pelos EUA. O papel ficou a cargo do ator Michael Rooker.


Norman Bates, de Psicose, por exemplo, não entra na lista porque não se encaixa totalmente no diagnóstico de psicopatia. Ele está mais para um psicótico, a verdade. 


Leistedt  explica que, no cinema, “os vilões psicopatas se parecem mais com um bicho-papão, algo que se encaixe no arquétipo de um homem mau”. 

 

-----

Não perca o filme inédito ANACONDA. Domingo, às 20h30.

 


Fonte: Business Inside 

Imagem: Shutterstock.com e Youtube/Reprodução