SABEDORIA ORIENTAL

A ciência revela o segredo do mítico “golpe de uma polegada” de Bruce Lee

O famoso “golpe de uma polegada”, ou seja, o soco desferido a uma distância não maior que 3 centímetros, é, sem dúvidas, uma marca registrada do fenomenal Bruce Lee. Tomando essa distância mínima, Lee era capaz de bater em um homem e fazê-lo voar vários metros. Mas como isso era possível?

 

O segredo está na mente: embora o punho de Bruce Lee se colocasse a uma distância curta, em somente alguns milésimos de segundo, seu cérebro era capaz de coordenar o movimento de praticamente todo o seu corpo, começando pelas pernas, que se esticavam com a extensão explosiva dos joelhos.

 

Jessica Rose, da Universidade de Stanford, explica que esse movimento gera um giro rápido dos quadris, que, por sua vez, dão sustentação à extensão violenta do cotovelo do braço utilizado para golpear. Além disso, a especialista acrescenta que Bruce Lee retirava seu punho quase que instantaneamente, o que reduzia drasticamente o tempo do impacto e comprimia a força em um golpe ainda mais poderoso.

 

Desse modo, quando Lee terminava de desferir o golpe, não somente tinha utilizado a força dos músculos mais poderosos do seu corpo sobre uma pequena área de choque, mas também tinha acrescentado a explosão de cada uma das articulações das pernas, braços, quadris, joelhos, cotovelos e punhos.

 

A habilidade em coordenar todos esses movimentos em poucos milissegundos é conhecida pela ciência como “neuroplasticidade”, e envolve a microestrutura de matéria branca do cérebro. Assim como a força dos músculos, essa coordenação também requer um árduo treinamento, algo que, sem dúvidas, Bruce Lee fez com paixão e dedicação.

 

Você conhecia o golpe de uma polegada de Bruce Lee? Você acredita na possibilidade de derrubar um homem com um golpe assim?


FONTE: batanga.com 

IMAGEN: Shutterstock