A&EXTRAS

5 boxeadores que perderam a vida no ringue

O boxe pode movimentar milhões de dólares e conquistar audiências do mundo inteiro, mas, além das emoções causadas, há um risco real na sua prática, que fez com que grandes boxeadores terminassem a luta sem vida no ringue. Estes são alguns deles:

 

Francisco Bejines: O mexicano morreu em 1983 em uma luta contra Alberto Dávila, depois de receber muitos golpes na cabeça.

 

Benny Paret: Após se tornar campeão mundial de peso meio-médio, em 1960, Benny tentou reconquistar seu título, mas morreu no ringue depois de receber vários golpes de seu adversário Emile Griffith.

 

Davey Moore: Estreou aos 20 anos, mas, algum tempo depois, durante uma briga contra o cubano Ultiminio Ramos, acabou morto no meio do ringue.

 

Marco Antonio Nazareth: Foi diagnosticado com morte cerebral três dias após sua luta com Omar Chávez e morreu quatro dias depois, em 2009.

 

Pedro Alcázar: Em 2002, perdeu o título mundial no peso mosca e, um dia depois da briga, desmaiou e morreu em seguida.

 


FONTE: sololistas.net
IMAGEM: Shutterstock.com