A&EXTRAS

Assassinato de Ex-Big Brother tem reviravolta macabra

O assassinato brutal da ex-Big Brother Rússia Oksana Aplekaeva gerou grande repercussão mundial na época em que foi cometido. Em 2008, o corpo da participante foi encontrado na beira de uma estrada no interior do país por um caminhoneiro.

Agora, mais de dez anos após a tragédia, o caso tem uma reviravolta bizarra. Exames de DNA comprovaram que o funcionário do necrotério onde estava o corpo de Oksana fez sexo com o cadáver da ex-BB. 

O homem, identificando apenas como Alexander, de 37 anos, ainda trabalhava no local quando a polícia recebeu a denúncia. 

Com isso, o corpo da ex-participante teve que ser exumado e analisado. Os exames comprovaram a presença de material genético de Alexander. 

A legislação russa, no entanto, não prevê punição legal para a prática de necrofilia. O homem foi demitido do trabalho e sua esposa o abandonou. 

 

Eles precisam driblar os serviços de inteligência para não serem assassinados. O LEGADO BOURNE - sábado, dia 5, às 21h50!


Fonte: Extra  | Imagens: Reprodução