A&EXTRAS

Companhia aérea castiga homem que tentou publicar diário íntimo de aeromoça

A&Extras
Por: A&E Brasil

 A empresa aérea holandesa Transavia encontrou uma curiosa forma de apoiar uma de suas aeromoças.  

Seu ex-marido havia descoberto as infidelidades de sua mulher lendo seus diários íntimos.

Como vingança, ele decidiu publicar em diferentes meios os textos privados, repletos de detalhes sexuais.

Diante da omissão da justiça frente a essa violação da intimidade e em uma tentativa de levar uma mensagem de apoio às mulheres, a linha aérea decidiu se encarregar do assunto e proibiu o homem de viajar com a companhia durante os próximos cinco anos.


Três irmãs que escaparam de um culto polígamo contam sua experiências. Quinta, 16h05


Fonte: RT | Imagem: Fasttailwind / Shutterstock.com