A&EXTRAS

De estrelas infantis a adultos problemáticos

Dizem as más línguas que o sucesso e a fama têm um preço. E se chegam muito cedo à vida de alguém, talvez o preço para lidar com a pressão e o estresse seja ainda mais alto. Estes são alguns dos casos em que a premissa foi cumprida:

 

Macaulay Culkin

Se você nasceu nos anos 80 ou 90, é impossível que não tenha assistido a “Esqueceram de Mim” (principalmente porque há dois filmes com o ator e que foram reprisados à exaustão na TV). No entanto, talvez você não saiba que esse sucesso de bilheteria causou o divórcio dos pais do pequeno Macaulay e uma verdadeira guerra por seus milhões... quer dizer, por sua guarda! Quando entrou na adolescência, o menino de rosto angelical já era alcoólatra e, em 2004, foi preso por porte de drogas.

 

 

Lindsay Lohan

Aos 11 anos, ela conheceu o sucesso com “Operação Cupido”, mas, no momento da estreia de “Herbie: Meu Fusca Turbinado”, em 2005, todos já sabiam de seus problemas com as drogas e o álcool. A partir daí, sua carreira foi ladeira abaixo: fotos e vídeos de Lindsay semiacordada circularam pela internet. Além disso, ela foi presa por roubo, envolveu-se em vários acidentes de carro e passou pela reabilitação mais de uma vez.

 

 

Drew Barrymore

Amenina encantadora de “E.T. – O Extraterrestre” disse que aos 9 anos já era alcoólatra; aos 10, fumava maconha; e aos 12, consumia cocaína. Quando tinha 14 anos, já tinha vivido tanto que escreveu sua autobiografia sobre seu inferno com as drogas. Por sorte, Drew conseguiu seguir em frente e retomou sua carreira de sucesso. Isso sim é pular etapas!

 

 

Mary-Kate e Ashley Olsen

Deviam ser muito bonitas, ou porque eram gêmeas, ou as duas coisas juntas, mas o fato é que com apenas 9 meses elas já estavam no mundo televisivo, com a série “Três é Demais”. O que veio depois foram transtornos alimentares (bulimia) para uma e o vício em heroína para a outra.

 

 

Haley Joel Osment

Famoso desde os 5 anos por sua atuação em sucessos de bilheteria como “Forrest Gump: O Contador de Histórias”, “O Sexto Sentido”, pelo qual foi indicado ao Oscar e ganhou diversos prêmios, “A.I. – Inteligência Artificial” e “A Corrente do Bem”, aparentemente os papéis acabaram, e isso foi algo difícil para Haley lidar – assim como o carro que ele bateu por estar sob o efeito do álcool e de drogas. Resultado: 3 anos em liberdade condicional.

 

 

Christina Ricci

Ficou famosa com o filme “A Família Addams” e atuou em outros sucessos como “Gasparzinho, o Fantasminha Camarada” e “A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça”. Apesar de ter sofrido anorexia e bulimia, conseguiu ir em frente e continuar sua carreira no cinema.

 

 

Linda Blair

Famosa por seu papel impressionante em “O Exorcista”, com apenas 13 anos, Linda foi indicada ao Oscar. Mas, pouco depois, ela começou a ter problemas com o álcool e as drogas e foi presa por traficar cocaína.

 

 

River Phoenix

Ele foi criado na seita religiosa “Meninos de Deus”, sobre a qual recaíram suspeitas sobre exploração sexual infantil. River atuou em vários filmes e foi indicado ao Oscar por seu papel em “O Peso de um Passado”. Mas seus problemas crescentes com as drogas o levaram a uma overdose que causou sua morte com apenas 23 anos.

 

 

Dakota Fanning

Também precoce, Dakota teve seu primeiro sucesso – aos seus tenros 7 anos – com “Uma Lição de Vida”. A esse filme, seguiram-se atuações incríveis em diversos longas-metragens. Embora sua carreira continue bem-sucedida, no mesmo ritmo crescem os boatos de seus problemas com as drogas.

 

 


FONTE: sololistas.net 
IMAGEM: Shutterstock.com, Everett Collection,  s_bukleyJStoneHelga Esteblev radinPhil Staffordlandmarkmedia