A&EXTRAS

Depois de ser solto, ex-detento lança "miojo saudável" para as prisões

Depois de passar anos em detenção e conhecer por dentro a realidade das prisões americanas, Ron Freeman resolveu que faria algo para ajudar a melhorar a saúde de seus ex-companheiros de carceragem assim que ganhasse a liberdade.

Ele, que antes de ser preso tinha um carrinho de cachorro-quente, já tinha bastante familiaridade com as panelas.

Durante o tempo que esteve preso, por mais de três anos, sua principal fonte de alimentação eram os macarrões instantâneos, muito populares nas prisões americanas. Ele chegava a comer dois por dia e, muitas vezes, adicionava outros molhos e sabores ao prato.

Só que os macarrões instantâneos são carregados de sódio – têm entre 66 e 72% da quantidade diária recomendada – e a médio prazo podem causar problemas como diabetes, pressão alta, doenças cardíacas. Nos EUA, estima-se que 40% dos presos sofram de problemas crônicos de saúde. Eles têm seis vezes mais chances de desenvolver uma doença séria do que o restante da população. 

Foi então que Freeman teve a brilhante ideia de criar uma linha de macarrões instantâneos saudáveis, com uma quantidade bem menor de sódio e sabores diferentes. 

Assim surgiu a Mama Pat’s – o nome é uma homenagem à sua vó, que foi uma cozinheira de mão cheia. 

O sistema prisional americano já encomendou mais de 300 mil pacotes do produto. 

“Na prisão, eles te alimentam com esses produtos cheios de sódio, que causam hipertensão e outros problemas de saúde. Quando alguém ganha liberdade, não consegue trabalho por causa dessas doenças. Eu já fiz muita besteira na vida, e essa é a chance que tenho de me redimir”, explica. 

Os planos de Freeman são ambiciosos. Ele espera muito em breve abrir uma fábrica de produtos alimentícios e empregar mão de obra de ex-detentos.  “Eu conheço a luta para conseguir um emprego depois que você sai da cadeia”, finaliza. 


Quem são estas mulheres e o que as leva a matar? VIDAS INTERROMPIDAS - Quinta, 20h50


Fonte: The Outline  | Imagem: Alexis Gross/The Outline