A&EXTRAS

Ele caiu no banheiro da prisão e agora quer quase R$ 4 milhões de compensação

Um ex-condenado dos Estados Unidos que se machucou enquanto tomava banho em um centro de detenção do condado de Multnomah, Oregon, Estados Unidos, apresentou uma queixa por negligência dos funcionários da prisão. No expediente, solicitou uma compensação de 905.000 dólares por danos morais e perdas econômicas que a lesão o provocou.

A petição detalha que, em 22 de novembro de 2016, Christopher Troy Depue, de 36 anos, chegou à prisão com a roupa manchada de fezes de cachorro e os funcionários do centro ordenaram que ele tomasse banho. Devido às condições inseguras e por não haver um tapete de banho, o detento caiu e sofreu lesões corporais, além de medo e vergonha por ter “rasgado o reto”, segundo informa o documento. 

O ex-prisioneiro já havia sido detido outras sete vezes e tinha passado outras temporadas nessa mesma prisão durante os últimos anos. Na última vez, foi preso porque portava metanfetamina e mentiu para a polícia. Até o momento, a porta-voz de Multnomah, Jessica Morkert-Shibley, não realizou declarações sobre o assunto com o argumento de que se trata de um litígio pendente de resolução. 


Aproveite para rever a temporada mais recente de BULL - toda quinta às 21h!


Fonte: RT