A&EXTRAS

Ele tentou fugir da prisão em um carrinho de bebê

O fato insólito ocorreu no presídio Nº 1 de Viedma, na Argentina. O protagonista, Lucas Ezequiel Giménez Pazos, havia sido preso em junho de 2016 por roubo com agravante na casa de um vizinho, aonde ele entrou vestido com o uniforme de uma empresa de serviços.

 

A tentativa de fuga ocorreu na semana passada, enquanto os outros condenados aproveitavam as visitas de seus familiares. Um casal, junto com seu bebê, entrou no presídio para visitar Pazos.

 

No fim do horário de visita, o casal quis sair com o bebê nos braços enquanto empurrava o carrinho aparentemente vazio. Isso não chamou a atenção dos guardas, mas algo acabou saindo errado para Pazos na sua fuga: uma das rodas do carrinho travou no caminho.

 

Segundo os guardas, o casal mostrava sinais de nervosismo e o bebê começou a chorar nos braços de seus supostos pais. Por isso, eles decidiram ajudar a destravar a roda do chão de terra do presídio. Foi então que, ao movê-lo notaram o excesso de peso do carrinho e descobriram a tentativa de fugo do prisioneiro.

 

O carrinho havia sido alterado para que um adulto pudesse se esconder dentro. Diante disso, os guardas prenderam novamente o detento e também o casal, o qual foi identificado como Ricardo Servidio e Natalia Andrada. Além disso, foi feita uma queixa contra o casal pela tentativa de facilitação de fuga. A mulher foi liberada em seguida.

 

Não perca a estreia de 60 DIAS INFILTRADOS NA PRISÃO: ATLANTA. Próxima quarta, 12 de julho, às 23h.

 


Fonte: infobae.com