A&EXTRAS

Danny Trejo: o rapaz bonito de MACHETE

O ator norte-americano Danny Trejo, protagonista do filme “Machete” e de “Pequenos Espiões”, tem um passado bastante peculiar, pelo menos para uma estrela de Hollywood... Esse rosto bonito, que de inocente não tem nada, oculta alguns segredos que revelaremos para você hoje.

 

1)  Sua infância não foi nada fácil: aos 8 anos, ele experimentou maconha e, aos 12, heroína. Danny foi preso várias vezes, e sua pena máxima foi de 9 anos, por assalto a mão armada.

 

2) Durante sua pena na penitenciária de San Quentin, na Califórnia, ele se tornou um campeão do boxe e conseguiu se livrar do vício das drogas.

 

3) Em 1985, ele foi contratado para assessorar o ator Eric Roberts sobre golpes e movimentos de boxe, no set de “Expresso para o Inferno” e acabou ganhando o papel de seu adversário na luta.

 

4) Ao descobrir que Robert Rodríguez dirigiria “Machete”, chamou-o centenas de vezes para lhe dar sugestões sobre o personagem. Intrigado com a quantidade de chamadas recebidas, Robert lhe perguntou por que ele não enviava mensagens de texto, ao que Danny respondeu: “Machete não manda mensagens”. A frase, claro, acabou entrando no roteiro do filme.

 

5) O diretor Joe Eckardt fez um documentário, chamado “Champion”, sobre a dura vida de Danny e sua rápida ascensão à fama. O longa-metragem foi premiado no Festival de Cinema de Phoenix, em 2005.

 

Agora que você sabe todos os segredos do brutamonte Danny Trejo, não perca “Machete”, somente no A&E.


FONTE: batanga.com

IMAGEN: Featureflash, Shutterstock