A&EXTRAS

Polícia finalmente encontra e prende serial killer de animais

Dalva Lina da Silva, de 48 anos, chamada pela imprensa de “a serial killer de animais”, foi presa pela polícia de São Paulo no início de fevereiro. Ela estava foragida desde novembro do ano passado.

Em 2012, a polícia recebeu a denúncia de que uma mulher residente na zona oeste de São Paulo estava matando animais deliberadamente. Quando chegaram ao local, encontraram os corpos de 37 cães e gatos dentro de sacos de lixo em frente à sua casa. 

A mulher se passava por protetora e acolhia animais abandonados. Logo em sequência, injetava uma solução de anestésico no coração dos bichos, que morriam rapidamente. Ninguém entende porque Dalva fazia isso.

Ela se defende dizendo que só matava os animais que não conseguia tratar, “para acabar com o sofrimento deles”. Para a criminosa, os animais foram colocados em frente à sua casa por pessoas que tentavam prejudicá-la. 

Dalva foi condenada a 17 anos e seis meses de reclusão em regime semiaberto. Ela aguarda agora decisão da justiça sobre onde cumprirá a pena. 


Não perca o O MISTÉRIO DAS 11 GAROTAS. Toda sexta, às 22h30.


Fonte e imagem: Veja SP