A&EXTRAS

Polícia prende homem que ganhava 150 mil dólares por viagem ilegal aos EUA

A polícia de El Salvador prendeu um traficante de pessoas que ganhava enormes quantidades de dinheiro por viagem que organizava aos Estados Unidos. De acordo com os investigadores, a soma podia alcançar os 150.000 dólares (R$ 600 mil). O suspeito será levado aos tribunais, acusado de tráfico ilegal. 

As autoridades identificaram o homem como Marcos Alberto Díaz, de 40 anos, e detalharam que ele cobrava entre 8.000 e 10.000 dólares por pessoa e que em cada viagem levava entre 10 e 15 imigrantes. 

Segundo os investigadores, Díaz transportava homens, mulheres e crianças até o país norte-americano com a colaboração de seus cúmplices, que eram os encarregados por guiar suas vítimas de uma fronteira a outra. 

No final de março de 2017, o Congresso salvadorenho elevou as penas de prisão contra os traficantes para tentar frear a migração irregular generalizada. Essa situação foi exacerbada pela crise econômica e a violência que afetam o país da América Central.  

De acordo com a Direção Geral de Migração e Imigração de El Salvador, entre janeiro e 23 de julho de 2018, foram deportados 8.296 salvadorenhos dos Estados Unidos, 15% a menos que os 9.776 casos registrados no mesmo período em 2017. 


Não perca a nova temporada de NCIS: NOVA ORLEANS - Toda quarta às 21h40


Fonte: Infobae