A&EXTRAS

Quem é a empresária-celebridade que enganou as maiores empresas do Vale do Silício

Ela é bonita, jovem, tem uma lábia incrível e conseguiu, em pouco mais de uma década, transformar sua ideia em bilhões e bilhões de dólares. 

Mas para isso foi preciso enganar todo o Vale do Silício – reduto das maiores empresas de tecnologia do mundo!

A jovem Elizabeth Holmes, então com 19 anos,  tinha em mãos um produto supostamente revolucionário, simples e que poderia mudar radicalmente o planeta. Ela trabalhava no desenvolvimento de um aparelhinho pequeno e barato capaz de detectar, com uma rápida picada no dedo, mais de 200 tipos de exame de sangue quase que instantaneamente. 

Era de fato uma solução genial, que seria útil em todos os recantos do planeta. Tanto que Elizabeth não demorou a atrair investimentos. Em pouco tempo, somou um bilhão de dólares. Por seu carisma e visão de negócios, chegou a ser chamada de “nova Steve Jobs” – não por acaso passou a se vestir de preto, sempre com uma gola rolê, a exemplo do seu ídolo. 

Entre seus investidores, estava, por exemplo, o grande magnata das comunicações  Rupert Murdoch, que lhe depositou nada menos que 125 milhões de dólares.

Elizabeth rodava o mundo apresentando um aparelho falso, que nunca funcionava nos testes. Mas ainda assim, sua capacidade de vender areia no deserto convencia até os investidores mais experientes. 

Por 15 anos, o produto nunca entregou o que prometia. Mas Elizabeth continuava a vender sua ideia, incessantemente. 

Até que uma reportagem, publicada em 2015 no Wall Street Journal pelo jornalista investigativo John Carreyrou desmontaria a farsa: o produto nunca existiu de fato!

Toda uma classe empresarial foi pega de surpresa. Os processos não demoraram a chegar, e cada vez mais milionários.  Elizabeth foi condenada a devolver mais de 1,2 bilhão de dólares aos investidores e ficar 10 anos sem pôr o pé em qualquer tipo de empresa. 

Agora ela enfrentará um processo que pode lhe render mais de 20 anos de cadeia. 


Não perca o eletrizante EMERGÊNCIAS NOTURNAS - toda terça, 20h50!


Fonte: Exame | Imagem: Krista Kennell / Shutterstock.com