A&EXTRAS

Sem perceber, carteiro salva moça vítima de tráfico de escravas sexuais

Um dia, enquanto entregava correspondências na cidade de Sacramento, nos EUA, o carteiro Ivan Crisostomo ouviu um choro vindo do jardim de uma das casas e percebeu um vulto escondido atrás de um arbusto. 

Quando foi ver do que se tratava, encontrou uma adolescente completamente em pânico. 

Ao vê-lo, Crystal Allen, de 16 anos, descontrolada, começou a apontar para marcas no próprio braço, dizendo: “estão colocando coisas em mim, e estão vindo me pegar novamente”. 

Confuso, Ivan tentou entender o que se passava com a jovem. Ela lhe contou que havia conseguido escapar de um grupo de raptores saltando do carro em que estavam. Antes, ela tinha conseguindo furtar o telefone celular de um dos criminosos. 

O carteiro tratou de confortá-la: “não se preocupe, eles não vão lhe levar novamente”. Rapidamente, pegou o telefone e ligou para a polícia de Sacramento e para a mãe da jovem. Ele ficou o tempo todo ao seu lado, até que os policiais chegassem e levassem a moça para o hospital. 

Crystal foi capturada, drogada, torturada e abusada sexualmente durante três meses por um grupo de traficantes de mulheres. Por sorte, ela conseguiu escapar e talvez tivesse sido recapturada se não fosse pela ajuda do carteiro. 

“Durante todo esse tempo eu chorei e rezei para ver minha mãe novamente”, disse Crystal. Depois de se recuperar, Crystal e Ivan se reencontraram novamente para que ela pudesse lhe agradecer pessoalmente pela ajuda. 

Hoje, ela está bem e em segurança, com a família. O grupo de sequestradores ainda não foi localizado. 


Não perca o eletrizante EMERGÊNCIAS NOTURNAS - TAMPA - toda terça, 20h50!


Fonte: Fox News