A&EXTRAS

Sofisticado “narcotúnel” é descoberto na fronteira entre EUA e México

Porta-vozes do Escritório de Administração para o Controle de Drogas dos Estados Unidos (DEA, na sigla em inglês) anunciaram recentemente a descoberta de um sofisticado túnel que cruzava a fronteira entre o México e os Estados Unidos. Os agentes informaram que o túnel entrava no território norte-americano por mais de 100 metros, mas ainda não tinha uma saída. 

Esses tipos de túneis são cada vez mais frequentes na fronteira entre os dois países. Ainda que sua construção possa custar milhões de dólares, sua utilização em crimes de tráfico humano e de drogas garante que o dinheiro investido seja recuperado em pouco tempo. 

Lance LeNoir, capitão dos chamados “ratos de túnel”, uma equipe da Patrulha Fronteiriça especializada em desvendar esse tipo de dispositivo, explica que, para sua detecção, foram utilizados meios de investigações antigos, como buscar pistas por meio de informantes que perceberam ruídos suspeitos ou detectar grandes quantidades de terra empilhada ou movimentos incomuns de pessoas. 

O túnel, neste caso, estava equipado com um sistema de eletricidade e ventilação, alimentado por energia solar, e cruzava a fronteira a partir de uma casa localizada no município mexicano de Mexicali, e ia até Jacumba, na Califórnia, nos Estados Unidos. 


O que leva essas mulheres a matar? VIDAS INTERROMPIDAS - Quinta, 20h50


Fonte: Infobae