A&EXTRAS

Gato de “Cemitério Maldito” morre misteriosamente após a estreia do filme

Leo, o gato que é ressuscitado na nova versão de Cemitério Maldito, foi encontrado morto nesta semana.

O treinador de animais Kirk Jarret, que adotou o felino após as filmagens, anunciou a morte do bichano na conta de Instagram que criou para seu novo pet: 

“É com grande tristeza que informamos a morte de Leo. Sua família humana vai sentir sua falta. Que sua estrela brilhe forte”, escreveu. 

 
 
 
View this post on Instagram

A post shared by ♥ Leo ♥ (@church_aka_leo) on Apr 10, 2019 at 7:04pm PDT

O gato era da raça Maine Coon – um tipo grande e peludo. No total quatro animais foram usados nas filmagens, mas foi a carinha de Leo a usada na divulgação do filme. 

A causa da morte do gato ainda é um mistério. 

O filme, que está em cartaz em todo o Brasil, mostra a história de uma família se muda para uma casa isolada no Maine, EUA. Lá, descobre, por meio de um vizinho, que existe um cemitério de animais no terreno. A terra mística é capaz de ressuscitar os mortos – e o gato Church, interpretado por Leo, é um dos primeiros a passar pela experiência. 

Depois a coisa vai ficando cada vez pior. O filme, baseado numa história de Stephen King, é um remake do clássico de 1989.


Fonte: EW |Imagem: Instagram/@church_aka_leo