A&EXTRAS

Mãe pressiona polícia a reabrir caso de filha e neto que desapareceram sem deixar qualquer vestígio

Faz quase 27 anos que todos os dias Linda Hershberger tenta descobrir o paradeiro da filha e do neto, que desapareceram sem deixar qualquer vestígio. 

Em 1993, Bonnie Dages, então com 18 anos, saiu de casa com seu filho, Jeremy, de 4 meses e nunca mais foram vistos. 

Ela deveria ter ido encontrar seu namorado numa loja de departamentos da cidade. Dois dias depois, o carro de Bonnie foi encontrado no estacionamento da loja, com sua bolsa e todos os acessórios do bebê dentro do veículo.

O caso quebrou a cabeça da polícia por bastante tempo, até que foi arquivado. 

Hoje, quase três décadas depois, a mãe de Bonnie conseguiu apoio de investigadores da Flórida para rever o caso e coletar pistas de pessoas que eventualmente viram os dois no dia do desaparecimento. 

“Até hoje a gente  não sabe aonde estão Bonnie e Jeremy, ou o que aconteceu a eles. Bonnie era uma jovem alegre, com toda vida pela frente. Ela tinha acabado de concluir o ensino médio, era uma mãe cuidadosa e amorosa”, disse Linda.  

A mãe conta que descobriu mais tarde que o namorado de Bonnie na época era um homem casado. No dia de seu desaparecimento ela havia sacado uma alta soma em dinheiro e teria comentado com amigos que iria investir tudo em um negócio com o amante. Bonnie acreditava que ele iria se divorciar da esposa para ficar com ela.

“Então, de repente, Bonnie e Jeremy desapareceram completamente”, conclui Linda.  

A polícia da Flórida fez uma projeção de como estaria Jeremy hoje, aos 26 anos de idade. 


Fote: Fox13 News