A&EXTRAS

Robert Downey Jr. tenta dar adeus ao Homem de Ferro: “É uma droga!”

O herói se despediu oficialmente das telas do cinema em Vingadores: Ultimato, mas Robert Downey Jr. não quer deixar Tony Stark e o Homem de Ferro ir embora tão facilmente. 

“Me sinto naquela fase de transição, quando as pessoas estão partindo aos poucos”, disse o astro em uma entrevista ao Off Camera. 

Embora seja um processo doloroso, Downey Jr. afirma que sabe separar as coisas. 

“Trabalhar essa distância é, atualmente, meu trabalho número um. Eu não sou meu trabalho. Mas é uma droga porque a nossa criança interior quer que seja sempre festa, um eterno verão”. 

“Foram dez anos de trabalho duro, em que me dediquei pra valer. Ainda não tive muito tempo de explorar novas fronteiras criativas depois disso”. 

Vingadores: Ultimato foi o primeiro grande filme da Marvel a dispensar uma leva de super-heróis icônicos – alguns dos quais ganharam imensa popularidade junto ao público. 

Junto  ao Homem de Ferro, acabou também a participação do Capitão América. 

Como Robert Robert Downey Jr. não é muito de ficar parado, o ator arregaçou as mangas e já  deve dar as caras no cinema em 2020 com a “A Viagem de Dr. Dolittle”. No ano seguinte, 2021, volta a vestir o paletó do detetive mais famoso do mundo na terceira versão do seu Sherlock Holmes. 


Fonte: Cinemablend