60 DIAS INFILTRADOS NA PRISÃO: ATLANTA

JESSICA

Jessica foi criada em um bairro violento fora de Washington D.C. e trabalhou duro para chegar onde está hoje. Atualmente, possui sua própria empresa de gerenciamento de receita. Jessica acredita que sua experiência de ter crescido em um bairro violento irá ajudá-la a se conectar com as mulheres dentro da prisão, e sua aspiração é motivar suas colegas detentas a se reinventarem. 

 

Jessica conheceu seu marido em um site de correspondência entre presos e ficou chocada com o quão institucionalizado ele estava ao ser libertado. Após uma década atrás das grades, ele sofreu para se reintegrar. Seu comportamento de detento tem sido um problema no relacionamento deles. Jessica está determinada a entender de onde vêm seus comportamentos e instintos de modo a ajudá-lo, e também a outros que foram soltos recentemente, a se reintegrarem na sociedade. Jessica está confiante que conseguirá se entender com as outras mulheres e não tem medo de tomar notas para revelar ao coronel o que realmente está acontecendo dentro da penitenciária.

 

O coronel acredita que o relacionamento de Jessica será uma vantagem para ela dentro da prisão e espera que ela possa inspirar as mulheres detentas a mudarem suas vidas após serem libertadas.